Baby Boomers e Gerações X, Y e Z: Quem são e como alcançar cada uma delas

São inúmeros os fatores que influenciam o comportamento de compra dos consumidores. Esses fatores podem estar relacionados com a sua localização geográfica, com o género, o rendimento disponível, o nível de escolaridade, o estilo de vida, a personalidade, entre muitos outros. 

A idade acaba também por ser, logicamente, um elemento importante que determina as escolhas dos consumidores e a forma como eles se comportam nos diferentes mercados. Especialmente se tivermos em conta que, dependendo da idade que cada pessoa tem, ela passou por um determinado período em termos de tendências de consumo.

É neste sentido que as empresas precisam de conhecer as principais características de cada geração, de forma a poderem adaptar eficazmente os seus esforços de marketing a cada uma delas. Apresentamos, de seguida, as quatro gerações que têm vindo a ser estudadas no contexto do marketing.

1 – Baby Boomers

É a geração composta por pessoas que nasceram entre 1947 e 1964 e são os principais consumidores dos meios de comunicação tradicionais como a televisão, a rádio e os jornais. Concentram grande parte da riqueza mundial e dão prioridade à estabilidade, especialmente em termos profissionais. 

Comportamentos de compra: privilegiam a conveniência e, apesar de também comprarem online, preferem o envolvimento pessoal das lojas físicas. São, igualmente, seletivos no que diz respeito a recomendações e opiniões sobre as marcas. 

Como alcançá-los: as marcas que adotem uma estratégia omnicanal consistente (online e offline) irão, muito provavelmente, atingir este segmento de forma mais eficiente. 

2 – Geração X

As pessoas que integram a geração X nasceram entre 1965 e 1979. Embora não tenham um poder económico tão alto quanto a sua antecessora, é uma geração com fortes hábitos de consumo.

Comportamentos de compra: é uma geração focada em comprar os melhores produtos ao melhor preço. Confiam menos na comunicação das marcas do que os Baby Boomers sendo, no entanto, a geração de consumidores mais leais.

Como alcançá-los: este grupo gosta de fazer comparações com base em dados relevantes e dá importância às opiniões de outros consumidores acerca da qualidade dos produtos. Mais do que dizer que têm valor, é preciso que as marcas o demonstrem. Por isso é importante que estes consumidores encontrem reviews sobre os seus produtos em motores de busca e nas redes sociais.

3 – Geração Y (Millenials)

Este grupo nasceu entre os anos de 1980 e 1996 e caracteriza-se por ter migrado de um universo analógico para o universo digital. São as pessoas que viram a internet nascer e tornar o mundo e a informação cada vez mais velozes. Talvez por essa razão sejam muito mais flexíveis à mudança do que as gerações anteriores. Além disso, são adeptos da tecnologia e das redes sociais, que fazem parte do seu dia-a-dia.

Comportamentos de compra: os millenials valorizam as experiências em detrimento dos bens materiais e procuram conhecer as opiniões de pessoas conhecidas ou reviews online antes de comprarem algo. 

Como alcançá-los: o primeiro passo é ter uma boa reputação online. As suas redes sociais devem ser altamente envolventes e atualizadas, em especial o Facebook e o Instagram, que são as mais utilizadas por esta geração. 

4 – Geração Z

Integram esta geração as pessoas que nasceram entre 1997 e 2015 e que, por isso, têm a internet no seu ADN. São os primeiros nativos digitais, uma vez que não se lembram da sua vida sem internet, e porque para eles não existe divisão entre o online e o offline. É uma geração altamente conectada que usa reiteradamente o YouTube e o Snapchat.

Comportamentos de compra: as redes sociais têm uma grande importância nos seus hábitos de consumo mas, uma vez que ainda são jovens, dependem da ajuda dos seus amigos e familiares para concretizarem as suas decisões de compra. 

Como alcançá-los: dê primazia a parcerias com influenciadores digitais e também aos conteúdos em vídeo para promover a sua marca. Estes são os dois elementos que mais irão chamar a atenção dos consumidores desta geração. 

Como podemos perceber, cada geração tem as suas especificidades em termos de hábitos de consumo e de relação com as marcas. Por isso, uma estratégia de marketing que funcione com uma não irá necessariamente funcionar nas outras. É fundamental que as empresas percebam como ajustar o seu discurso para atingirem cada uma delas de forma eficaz e relevante. 

%d bloggers like this: