E-mail Marketing: 5 Dicas para comunicar por e-mail com os seus clientes

O e-mail marketing é toda a comunicação que é estabelecida entre a empresa e os seus clientes – ou potenciais clientes – via e-mail. Esta ferramenta de comunicação não é recente e continua a ser considerada como uma das mais poderosas, tanto para ganhar novos clientes como para fidelizar os já existentes.

Isto acontece porque o e-mail marketing apresenta vantagens para as empresas como o alcance e a visibilidade dos e-mails, uma vez que a generalidade das pessoas acede frequentemente ao e-mail, e a relação custo-benefício, pois as taxas de conversão costumam compensar os custos relativamente baixos de enviar e-mails.

Tendo em conta o objetivo específico da empresa, as comunicações via e-mail podem ser de diferentes tipos: newsletters, que podem ser abrangentes no que toca aos seus conteúdos e que são uma boa forma de nutrir a relação com o cliente; e-mails promocionais, quando o objetivo é promover uma oferta ou um produto/serviço e converter o cliente (levá-lo a comprar); e-mails sazonais em ocasiões específicas, como, por exemplo, no aniversário no cliente; e-mails de boas-vindas, que podem ser determinantes para o cliente dar o seu próximo passo na relação com a empresa; e e-mails de reativação, que geralmente divulgam uma oferta exclusiva a clientes que não têm comprado nenhum produto ou não têm acedido ao site da empresa, por exemplo. 

De seguida apresentamos 5 dicas fundamentais para construir uma boa estratégia de e-mail marketing para a sua empresa:

1 – Construção da lista de contactos

O primeiro passo em qualquer estratégia de e-mail marketing é ter uma lista de contactos com os quais comunicar. Esta base de dados deve ser composta por pessoas que demonstraram interesse em receber as comunicações da sua empresa, ou seja, que deram permissão para utilizar os seus e-mails. Este fator é determinante para o sucesso das suas campanhas de e-mail marketing, pois os seus contactos devem estar genuinamente envolvidos com o seu negócio e devem querer ouvir o que tem para dizer. Caso contrário, os seus e-mails serão apenas spam.

2 – Criação dos e-mails

Os e-mails devem acrescentar valor aos clientes, pelo que não deverão basear-se unicamente em comunicações promocionais. Desenvolva conteúdos relacionados com a sua área de negócio que poderão ser relevantes para os clientes e construa com eles uma relação de confiança e proximidade. Além disso, aposte numa comunicação cuidada e coerente – tanto em termos textuais como visuais -, e utilize um CTA (“call to action”, ou apelo à ação) para levar o cliente a realizar uma determinada ação (por exemplo, visitar o seu site). 

3 – Planeamento da frequência

Em primeiro lugar, é fundamental definir a frequência com a qual vai enviar e-mails aos clientes. Deve procurar um equilíbrio de modo a enviar a quantidade certa de e-mails: se enviar demasiados, irá sobrecarregar os clientes e as taxas de abertura dos e-mails irão piorar; e se enviar poucos os clientes deixarão de estar envolvidos com o seu conteúdo e, em última instância, com a sua marca. Neste sentido, é importante desenvolver uma calendarização, definindo a frequência de envio, os dias e horários nos quais pretende enviar, etc.

4 – Segmentação dos contactos

Dependendo do tamanho e da composição da sua base de dados de clientes, pode ser errado enviar os mesmos e-mails para todos os contactos. É importante que divida a sua lista em grupos – segmentos – mais pequenos em função das suas características comuns. Depois disso, deve personalizar os e-mails para cada grupo, conseguindo comunicar de forma mais relevante com cada cliente.

5 – Avaliação dos resultados

Sugerimos que vá fazendo testes de forma a conseguir aferir quais os e-mails que têm mais recetividade por parte dos clientes. Teste diferentes dias e horários de envio, diferentes assuntos para o e-mail ou diferentes conteúdos. Depois disso, avalie métricas como a taxa de abertura, o número de cliques ou o número de pessoas que cancelaram a subscrição dos seus e-mails. Com esses dados, vá reajustando os procedimentos.

Ficou interessado em saber mais? Pretende construir uma estratégia de e-mail marketing para a sua empresa? Não hesite em contactar-nos.

%d bloggers like this: