Marketing Digital: 5 Tendências para 2019

O marketing é uma área em constante evolução. Ainda mais se falarmos em particular do marketing digital. Todos os anos surgem novas tecnologias e as tecnologias existentes tornam-se mais inteligentes e com maiores potencialidades.

O desafio dos profissionais de marketing é manterem-se a par dessas alterações e conseguirem, neste contexto de permanente mudança, alcançar e reter a atenção do seu público-alvo.

Apresentamos, de seguida, algumas das tendências do marketing digital para este ano de 2019.

1 – Vídeos e Live Streams

O vídeo veio para ficar e assume-se como uma das principais tendências para este ano. A atenção dos consumidores é reduzida e, por isso, é natural que eles prefiram ver um vídeo do que ler um artigo, por exemplo. Além disso, redes sociais como o Facebook e Instagram privilegiam cada vez mais conteúdos em formato de vídeo.

Mais do que os vídeos, os live streams (transmissões em direto) são uma ferramenta poderosa, porque chamam imediatamente a atenção do consumidor e permitem a sua interação.

2 – Marketing de Influência

O marketing de influência consiste em fazer parcerias com bloggers e influenciadores digitais para que estes divulguem e recomendem os produtos/serviços de uma marca aos seus seguidores. Tem sido considerada uma estratégia eficiente e, por isso, continuará a ser uma tendência importante.

Não se trata apenas de fazer campanhas com celebridades, mas também com os chamados microinfluenciadores – pessoas que têm menos seguidores mas cujos níveis de envolvimento com a audiência são muito relevantes.

3 – Blogs e Marketing de Conteúdo

Também não é uma novidade e continuará a ser uma parte importante de qualquer estratégia de marketing. O marketing de conteúdo baseia-se na criação de conteúdos relevantes e consistentes para atrair a atenção do público-alvo. Esses conteúdos podem ser publicações nas redes sociais, vídeos, tutoriais, artigos, infografias, entre outros.

Neste contexto, já não basta criar conteúdos. É preciso apostar na sua qualidade e criatividade. E é fundamental que sejam personalizados e adaptados à audiência que queremos alcançar.

4 – Automação de Marketing

Marketing automation, ou automação de marketing, consiste em utilizar determinadas tecnologias que permitem tornar alguns processos de marketing automáticos. É possível segmentar o público-alvo e enviar mensagens através de diversos canais de forma personalizada e automática.

Estas ferramentas permitem simplificar procedimentos e reduzir tarefas repetitivas, aumentando a competitividade e a eficiência das empresas.

5 – Jornada do Consumidor

A definição da jornada do consumidor não é recente no âmbito do marketing. Mas, com todas as mudanças trazidas pelo digital, é um aspeto ao qual as empresas devem voltar a dar atenção.

Mapear a jornada do consumidor consiste em enunciar todos os pontos de contacto que o cliente tem com o negócio e em perceber o caminho que cada cliente percorre até chegar efetivamente à compra. Este mapa pode ser complexo, uma vez que deve englobar todas as formas através das quais o cliente pode interagir com a empresa: por exemplo, pode começar por ver um anúncio no Facebook, ver onde se situa a sua loja e depois deslocar-se lá para realizar uma compra; mas também pode pesquisar no Google, encontrar o seu site e comprar online.

É essencial ter este fluxo definido para perceber que etapas da cadeia é que podem ser melhoradas.

Na PIS podemos aconselhá-lo sobre como aplicar estas tendências, ou outras estratégias, ao seu negócio. Não hesite em contactar-nos!

%d bloggers like this: